Mais recente no blog

6 razões para procurares trabalhar em co-work

14 Fevereiro 2018

Alguns de nós na Transa trabalham a partir de casa, outros em part-time, e outros usam o escritório da cooperativa todos os dias. Pessoalmente, embora de vez em quando prefira ficar em casa enrolada nos meus gatos e a responder a emails no sofá, não há maneira de ser mais produtivo do que vir trabalhar para o escritório. Trabalhar ao lado de outras pessoas e ter um escritório conjunto tem muitas vantagens. É preciso negociar limpezas e arrumações, mas para isso doamos todos algum bom senso, porque os pontos positivos valem a pena.

Mas o que significa co-work?
imagem-cowork-jardim-16
Nem sempre o escritório vai estar arrumado, sobretudo aqueles onde convivem rótulos de vinhos, embalagens de azeitonas, atividades para crianças e ilustração de pássaros, mas…

O modelo co-working tem tudo a ver com cooperativismo, reparem: um conjunto de pessoas independentes junta-se e contribui em sociedade para alcançar mais do que o faria isoladamente.

  1. O tio Google pode ter todas as respostas, mas não tem as soluções
    Se estiveres com um problema muito particular podes procurar em fóruns e noutros sítios online a resposta à tua dúvida, o tio Google normalmente ajuda a resolver questões práticas, problemas de software, tutoriais de novas técnicas, erros em linhas de código. No entanto, há questões que não são propriamente dúvidas googláveis: o que achas deste logótipo? Parece-te que o amarelo é a melhor cor ou não fica muito legível? Não são dúvidas graves mas antes questões ping-pong, que se podem tornar mais claras quando partilhadas com alguém.

  2. É mais fácil estar concentrado
    Quem trabalha em casa sabe do que falo. Entre arrumações que é preciso fazer, e aquela máquina de roupa que dava jeito pôr a lavar, gatos a andar por cima do computador e o (mais do que) ocasional snack, trabalhar concentrado em casa é mais difícil, pelo menos para mim. Acho que é porque as fronteiras casa-lazer/escritório-trabalho ficam sobrepostas e acabo por ficar num misto de trabalho-ócio que não é muito produtivo. Há certas coisas (como responder a emails ou escrever textos) que sabe bem fazer em casa, mas a maior parte do trabalho e tudo o que tem a ver com projetos é feito no escritório.

  3. Podes ter um escritório melhor
    Nos co-works mais comuns há partilha das despesas (renda, contas) ou um valor mensal. Seja qual for o modelo, o resultado vai ser um valor muito mais baixo para ti do que se procurasses alugar um escritório sozinho. Mais pessoas a trabalhar significa mais dinheiro a entrar e por isso um escritório melhor localizado e com melhores condições do que terias se saísse tudo do teu bolso (ou da tua empresa). No caso da Transa o sistema é um pouco diferente, porque em vez de haver partilha de despesas ao final do mês, os cooperadores da Transa contribuem para a manutenção da cooperativa em cada trabalho que fazem, e esse total é gasto nas despesas do escritório e outras que beneficiem o conjunto total dos cooperadores.

  4. Fazes novos contactos, trabalhas em parceria e multiplicas as oportunidades
    Se trabalhares com pessoas da mesma área ou de áreas adjacentes (por exemplo, se trabalhas em design e ao lado tens um ilustrador, ou um webdesigner) a probabilidade de partilharem clientes que estejam interessados em vários trabalhos é grande. Aliás, podes até tomar as rédeas e serem vocês mesmo a propor um serviço composto de várias partes, tirando partido das valências de cada um.

  5. Ajuda-te a seres melhor naquilo que és bom
    Se trabalhas numa área das indústrias criativas ou culturais, teres outra pessoa ao teu lado a fazê-lo pode ser muito benéfico, sobretudo se for alguém cujo trabalho respeitas e admiras. Criativos que respeitam o trabalho uns dos outros tendem impulsionar-se uns aos outros a crescer e a fazer mais trabalho e de melhor qualidade. É uma espécie de competição misturada com inspiração, uns puxam pelos outros. Com os ciclistas em equipa nas subidas.

  6. No final da semana até pode haver happy hour
    Quem sabe, até podes ter a sorte de no final da semana o teu espaço de co-work ter uma happy hour e haver cervejas à borla para o fim de tar de sexta-feira. Todos precisamos de desanuviar… e às vezes as melhores ideias vêm dessas horas sem tempo.

Na cooperativa acreditamos nesta convivência como potenciadora de coisas boas. Ideias de projetos novos aparecem mais vezes ao jantar do que no escritório, mas é preciso que no espaço de trabalho todos tenhamos, pelo menos, a liberdade e a independência de fazermos o que quisermos. Senão, mais valia estar a trabalhar para alguém.

UNADJUSTEDNONRAW_thumb_16d2

Trabalhas em cowork? Conta-nos a tua experiência!
Vem conhecer a Transa no próximo sábado :) Toma o pequeno-almoço connosco no Meia de Letra a partir das 10h00 ou vem para os cocktails e a retrospectiva do nosso trabalho a partir das 17h00.

Todos os posts no blog →