Festival Confluências

17 Julho 2017 por Sofia Rocha e Silva

Cliente: Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa
Data: Maio a Julho 2017
Serviços: Programação musical, produção local de artistas

O Festival Confluências aconteceu em 10 Quintas do Barroco em Municípios do Tâmega e Sousa (Amarante, Marco de Canaveses, Celorico de Basto, Penafiel, Felgueiras, Lousada, Cinfães, Resende, Paços de Ferreira e Castelo de Paiva), em 10 fins de semana de Maio a Julho de 2017. A programação e produção local que fizemos acontecia ao sábado, à tarde e à noite, perfazendo um total de 40 concertos, todos de entrada livre.
Além desta programação musical, o Confluências apresentava ainda teatro (no início da tarde de sábado) e espectáculos de comunidade (ao domingo).

Solar dos Magalhães, Amarante: Trio de Cordas Ricardo Tojal, Captain Boy, Filho da Mãe, Virgem Suta
Obras do Fidalgo, Marco de Canaveses: Filipe Sambado, Éme, Lavoisier, Salvador Sobral
Casa da Companhia, Penafiel: de Turquoise, João Martins & Carlos Santos, Luca Argel, Sean Riley & the Slowriders
Casa da Boavista, Celorico de Basto: Bié, Mute Swimmer, Manish Pingle, Celina da Piedade
Casa da Simães, Felgueiras: Dawn:Bird, José Valente, Valter Lobo, First Breath After Coma
Casa de Vila Verde, Lousada: Vai e Vem, Luís Severo, Primeira Dama, Best Youth
Casa da Quinta da Calçada, Cinfães: Calcutá, Marco Luz, Old Jerusalem, Dead Combo
Casa da Soenga, Resende: Ana, Homem em Catarse, Gobi Bear, Birds are Indie
Solar dos Brandões, Paços de Ferreira: Villa Nazca, The Partisan Seed, Coelho Radioactivo, Noiserv
Solar da Fisga, Castelo de Paiva: Lourenço Crespo, Grutera, Minta & The Brook Trout, Samuel Úria

confluencias5

confluencias4

confluencias3

confluencias6

confluencias2